#Paulo Farinha Pereira - Monteiro Do Ano 2017

Paulo Farinha Pereira é o Monteiro do Ano 2017!

Atendendo ao seu percurso de vida venatória, cinegética e monteira, a Direcção do CPM deliberou recentemente atribuir a Paulo Farinha Pereira o "Prémio Dr. António Salgado" anualmente atribuído pelo Clube a quem considera o Monteiro do Ano, o qual lhe será entregue no Jantar Anual do CPM no próximo dia 22 de Setembro.

Paulo Farinha Pereira nasceu em Abrantes em 29 de Fevereiro de 1964, tendo completado os seus estudos liceais no Liceu Nacional de Abrantes e prosseguido a sua vida académica na Escola Superior Agrária de Santarém na área de Produção Animal.

Domiciliado em Póvoa da Isenta, Santarém, é casado e pai de três filhos.

Em finais de 1994 integra os quadros do Grupo Nacional Medical Care (NMC) e assume a administração da Clinica de Hemodialise de Abrantes (Abrandial), os quais vieram a ser incorporados no grupo Fresenius Medical Care em 1997.

Em Abril de 1998 integrou o Grupo Mediserviços Saúde, administrando em simultâneo os Laboratórios de Coruche, Santarém e Entroncamento, e o do Montijo, até final de 2008.

Em 2009 ingressou na firma de serviços médicos Helena Manso, Lda em funções de gestão, promovendo as áreas de negócio on-line e de organização de eventos, em particular as actividades ao ar livre e de observação da Natureza.

Viveu desde sempre intensamente a Caça.

No inicio da década de 90, participa na criação da Articaça, associação que promove a criação e gestão de zonas de Caça em diversos pontos do País.

A partir das experiências da Granja de S. Pedro (Idanha) e da zona de caça associativa de Salavessa (Nisa), de que é sócio fundador, ambas zonas de grande apetência de Caça Maior e onde promove as práticas monteiras, organiza com grande sucesso inúmeras Montarias e ganchos em numerosas zonas de caça no norte alentejano e na Beira-baixa, sobretudo nas zonas do Tejo Internacional.

Em 2001 visita cinegeticamente pela primeira vez África (Namíbia), repetindo-se a viagem nos anos seguintes.

Com as experiências vividas, torna-se Guia de caça para portugueses e estrangeiros na modalidade de aproximação.

Em 2010 é co-fundador da prestigiada organização de Caça Mancha Maior, referencial indiscutível do panorama nacional da Caça Maior, que tantas jornadas bem-sucedidas de caça tem proporcionado de forma exemplar a Monteiros portugueses e estrangeiros.

Foi Vice-Presidente da Direcção do Clube Português de Monteiros entre 2012 e 2015 e é desde então Vice-Presidente da respectiva Assembleia Geral.

É Medidor certificado do CIC internacional para as espécies nacionais de Caça Maior.

Deixe o seu comentário

Comentários

  • Sem comentários ativos!