#Hungria e Peste Suína Africana

As autoridades da Hungria notificaram no dia 17.05.2018, através do sistema de notificação de doenças da União Europeia (ADNS) um caso de Peste Suína Africana (PSA) num javali encontrado morto, no município de Szabolcs-Sztmár-Bereg, Nyíregyháza, a acerca de 1 Km da fronteira com a Ucrânia, numa zona considerada livre, localizada longe da zona infectada implementada em Heyes ao abrigo da diretiva 2002/60/EC.

Este caso foi confirmado no dia 16.05.2018 e as autoridades da Hungria referem que se deve provavelmente à migração dos javalis que ocorre nos meses da primavera. Dado que a situação epidemiológica da PSA na Europa se agravou novamente pois surgiu noutra região da Hungria, torna-se essencial ter em atenção as medidas preventivas e de biossegurança nas explorações suinícolas, centros de agrupamento, entrepostos e transportes.

Esta situação deve ser tida em consideração em particular por todos os caçadores que pretendam deslocar-se àquele país para caçar javalis. Recordamos ainda ser obrigatória a notificação aos serviços regionais da DGAV de qualquer suspeita ou ocorrência de Peste Suína Africana.

Deixe o seu comentário

Comentários

  • Sem comentários ativos!